A União Européia é o maior comprador de produtos agropecuários do Brasil e, no ano passado, foi responsável por 35,8% das exportações brasileiras. Ao todo, foram vendidos US$ 20,8 bilhões em produtos do agronegócio aos 27 países que compõem o bloco europeu. Um aumento de 31,1% em relação a 2006, quando foram vendidos US$ 15,9 bilhões.

Em segundo lugar estão os países do bloco asiático, que compraram US$ 11,2 bilhões em 2007, seguidos pelas bandeiras que integram o Nafta, US$ 7,3 bilhões; o Oriente Médio, US$ 4,7 bilhões; África, US$ 3,8 bilhões; América Latina – excluídos os países do Mercosul -, US$ 2,6 bilhões e Mercosul, US$ 1,7 bilhão. Isoladamente, os Estados Unidos compraram do Brasil US$ 6,4 bilhões em 2007. Os Países Baixos importaram US$ 5,4 bilhões, a China, US$ 4,6 bilhões, e a Rússia, US$ 3,3 bilhões. No último mês de dezembro, as exportações do agronegócio totalizaram US$ 4,6 bilhões, o que representou crescimento de 11,9% em relação a 2006. Os produtos que se destacaram no aumento das exportações foram: carnes, cereais, farinhas e preparações, complexo soja e produtos florestais.