Você sabia que realizar movimentos repetitivos pode causar tendinite? Ela, por sua vez, considerada como uma inflamação, lesão e inchaço de um tendão, podem provocar dores em diversas partes do corpo.

Ombros, coluna, mãos e outros tendões que correspondem à parte do tecido muscular, possuem uma característica dura, flexível e fibrosa, responsável pela conexão dos músculos aos ossos, fazendo um sistema de alavanca. Quando estão inflamados, diagnostica-se como tendinite.

tratamento no ombro

Na maioria dos casos, a tendinite acontece por excesso de uso, ou seja, um movimento do corpo em particular é repetido muito frequentemente, ou por sobrecarga (o nível de certa atividade, como o carregamento de pesos, tem sua frequência aumentada muito depressa). No Brasil, isso afeta a grande maioria dos atletas e  trabalhadores rurais, que diariamente, dedica parte do seu trabalho usando a força.

A tendinite normalmente acontece nos ombros, nos cotovelos, nos joelhos, nos pulsos e nas solas dos pés, embora possa acontecer em qualquer lugar no corpo. Para o tratamento do ombro, por exemplo – caso mais comum entre as outras partes do corpo – o diagnóstico é realizado através das queixas do paciente, avaliação de movimentos e força muscular, além de exames de imagem como ultrassom e ressonância magnética.

tratamento no ombro

O tratamento é clínico, após o diagnóstico é indicado repouso e fisioterapia analgésica para controle da dor e do processo inflamatório. Em seguida é realizada fisioterapia motora para alongamento e fortalecimento muscular de todos os músculos e tendões da região que envolve o ombro e cotovelo.

Exercícios de alongamento, movimentação da articulação e de força devem ser realizados diariamente. Outra dica importante é evitar movimentos e gestos repetitivos e não sobrecarregar apenas um lado do corpo, dividindo assim o peso de bolsas, mochilas e compras. O gelo também é usado para aliviar a dor.