Entre as várias atrações oferecidas durante os três dias do Showtec 2008, uma certamente vai despertar a curiosidade dos visitantes: os Giros Tecnológicos, maneira escolhida pela organização do evento para demonstrar e difundir os benefícios da utilização das novas tecnologias. Produtores rurais e profissionais envolvidos com a atividade agropecuária terão a oportunidade de ver o resultado prático dos estudos realizados em centros de pesquisa agropecuária do Estado de Mato Grosso do Sul, entre os quais a Embrapa Gado de Corte (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) / Campo Grande (MS), a Embrapa Agropecuária Oeste / Dourados (MS), e também, em algumas instituições de ensino do estado como a UNIGRAN (Universidade da Grande Dourados), UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados).

Na próxima quinta-feira, 24, a Seprotur (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), da Famasul/Senar (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e Cooagri (Cooperativa Agropecuária e Industrial), às 9 horas, lançam no auditório da AGRAER (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul), do maior evento tecnológico do agronegócio do Estado de Mato Grosso do Sul, o SHOWTEC 2008.

O evento será lançado pelo governador do Estado, André Puccinelli, pela secretária Tereza Cristina Correa da Costa, pelo presidente da FAMASUL, Ademar Silva Junior e pelo presidente da Fundação MS, Nivaldo Kruger. O Shpwtec 2008 ocorrerá em Maracaju, entre os dias 13 e 15 de fevereiro. O diretor geral da Fundação MS, Dirceu Luiz Broch, explica que os participantes dos giros visitarão, em seqüência, as chamadas estações, ou seja, áreas especialmente cultivadas no espaço do Showtec, onde poderão constatar o que resultou da escolha de determinadas cultivares, do uso de determinados fertilizantes ou do emprego de técnicas como o plantio direto, o consórcio de espécies diferentes de plantas e a integração lavoura-pecuária.
O Giro tecnológico nas culturas de soja e milho safrinha, que acontecerá todos os dias do evento, das 9h30 às 11h30 da manhã, será composto pelas estações descritas a seguir:
1ª – Manejo da Adubação na Sucessão Soja e Milho Safrinha
2ª – Tecnologia de Aplicação de Defensivos Agrícolas
3ª – Dessecação, Herbicidas Pós-emergentes e Controle de Plantas Daninhas Problemáticas.
4ª – Manejo Integrado de Pragas da Soja
5ª – Manejo de Doenças da Soja
6ª – Posicionamento de Materiais de Milho para Safrinha
7ª – Consórcio Milho Safrinha/Pastagem e Qualidade do Plantio Direto
8ª – Manejo Integrado de Pragas do Milho Safrinha
9ª – Estratégia de Comercialização de Soja e Milho
10ª – Novas Alternativas Economicamente Viáveis para o MS

O Giro Tecnológico na Integração lavoura-pecuária, por sua vez, será realizado todas as tardes, das 13h 30 às 15h 30 e contará com as seguintes estações:
1ª – Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária (ILP)
2ª – Adubação e Manejo de Pastagem e Plantio Direto
3ª – Espécies Forrageiras e suas Características para o ILP
4ª – Consórcio Milho Safrinha/Pastagem com ILP
5ª – Experiência de Produtor na Integração Lavoura-Pecuária
6ª – Linhas de Crédito para Implantação da ILP