Brasília/DF – Representantes dos Serviços Estaduais de Defesa Sanitárias, da indústria exportadora de carne bovina, das certificadoras e dos produtores (CNA) participaram, ontem (10), da reunião com o secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, sobre os procedimentos adotados nas inspeções que serão realizadas nos Estabelecimentos Rurais Aprovados no Sisbov (Eras). As vistorias indicarão os Eras habilitados que integrarão a primeira lista dos estabelecimentos que poderão abater bovinos para exportação de carne à União Européia.

As auditorias estão sendo feitas em conjunto com os fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e os dos Serviços Estaduais. Serão vistoriados os estabelecimentos localizados no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e Espírito Santo. Até 31 de janeiro, o Mapa encaminhará a relação dos estabelecimentos que estão em conformidade com as exigências do mercado europeu.

As inspeções serão contínuas e poderão fazer com que mais Eras sejam incluídos ou mesmo excluídos da relação de estabelecimentos habilitados a exportar carne ao mercado europeu. Os inspetores usarão um formulário único para todos os estados. O formulário, que foi apresentado na reunião desta quinta-feira, vai compor o relatório individual de cada propriedade que será remetido ao DG – Sanco, em Bruxelas.

Espera-se que, com a efetiva participação dos Serviços Estaduais e com a cooperação de toda a cadeia produtiva de carne bovina, o maior número possível de Eras em conformidade com os requisitos europeus seja autorizado a fornecer animais para exportação de carne a esse importante mercado.