Três estados já enviaram ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o resultado da segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa realizada em 2007. O Rio de Janeiro vacinou, no mês de setembro, 90,22% dos bovinos e bubalinos, Rondônia foi responsável por 99,48% de imunização na campanha de novembro e o estado do Paraná vacinou 98,44% do rebanho.

Em 2007, por causa da seca, os estados de Goiás, Piauí, Tocantins e parte do Mato Grosso pediram a prorrogação da campanha. Neste mês, o Rio Grande do Sul e os municípios da Ilha de Marajó estão vacinando os bovinos e bubalinos. Os produtores do estado gaúcho têm até o dia 31 de janeiro para imunizar os animais; e a Ilha de Marajó, até o dia 15 de fevereiro.

No próximo mês, o estado do Mato Grosso inicia a primeira etapa da campanha de 2008 inclusive os animais com menos de doze meses devem receber a vacina. A expectativa do Ministério da Agricultura é de que 6 milhões de doses da vacina sejam enviadas ao Estado. Durante o ano de 2007, mais de 374 milhões de vacinas foram vendidas para produtores e revendedoras.