Para solucionar a regularização de passivos ambientais, será feito em todo o Brasil o CAR – Cadastro Ambiental Rural – que visa identificar as propriedades rurais que não respeitam as regras para as áreas de preservação e de reserva legal.

Esse cadastramento é uma das medidas previstas no Código Florestal, sendo considerado o passo inicial para a implementação deste novo marco. Sem a regularização ambiental, os produtores podem perder acesso às linhas de crédito governamentais, que tradicionalmente são oferecidas a custos mais baixos para estimular a produção.

Regularização de Passivos Ambientais

Segundo a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, o cadastro ambiental rural vai tirar o ‘bode’ da sala, porque vai mostrar qual é a realidade e quais são os caminhos inovadores para a regularização ambiental e melhor prática de produção agrícola com sustentabilidade.

O atual cadastro de propriedades rurais do país do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) indica que existem no país 5,4 milhões de propriedades rurais.

O cadastramento será feito a partir de banco de dados, que conta imagens de satélites das áreas rurais, que permitem identificar as propriedades, e se elas contam com áreas de preservação permanente (APPs) ou reserva legal.