Se a gente cuida tão bem da nossa própria alimentação, por que deixar de lado a alimentação do nosso pet? Manter uma nutrição completa diária para os nossos bichos é fator primordial em nosso dia a dia. Pois, é ela quem ajuda a corrigir alguma deficiência nutricional, balancear a alimentação e ajuda no tratamento de inúmeras doenças que possa vir a existir.

nutrição animal

E tudo isso, claro, a gente precisa fazer com o acompanhamento de um médico veterinário. Até porque, o uso de uma boa nutrição animal serve como um aditivo para estimular atividades ao ar livre.

Com os produtos para pet específicos, o seu animal de estimação tem o desempenho melhorado e as lesões diminuídas. O pelo, por exemplo, fica mais solto, brilhante, o animal tem mais disposição também. Outra dica é prestar atenção no tamanho da boca e nos dentes de cada pet. Bocas menores precisam que os pedaços de ração sejam pequenos e de textura diferente, assim como bocas maiores requerem pedaços maiores. Cada detalhe influencia na mastigação e deglutição do alimento, facilitando a ingestão, digestão e consequentemente contribuindo para a nutrição do animal.

produtos para pet

E para quem ainda não conhece, em lojas especializadas, existem vários tipos de suplementação que desempenham funções diferentes no organismo. Tem as funcionais, que tem a função nutricional, fisiológica e terapêutica e são oferecidos como parte da dieta. Existem também os coadjuvantes auxiliam no tratamento de algumas patologias, como os prebióticos, que estimulam o crescimento seletivo de bactérias benéficas ao intestino. E o suplemento propriamente dito que são a junção de vários aminoácidos, ácidos graxos, vitaminas e minerais, organizados de formas diferentes para cumprir objetivos diferentes, sempre procurando auxiliar no tratamento de diversas doenças e corrigir as deficiências nutricionais devido a uma alimentação pobremente balanceada.

E jamais se esqueça. Na hora de comprar a alimentação do seu animalzinho pergunte, questione, tire suas dúvidas quanto aos produtos, pois caso sejam administrados de forma incorreta ou sem recomendação específica, alguns transtornos podem ser causados no organismo, como, por exemplo, através do excesso de algum nutriente.