A turbulência no mercado internacional de commodities na semana passada, reflexo das incertezas que cercam a economia americana, não reduziu o movimento de vendas antecipadas da produção de soja desta safra 2007/08, que já está em fase inicial de colheita no Mato Grosso.

Levantamento divulgado ontem pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP) mostra que, no Mato Grosso – maior produtor do grão do país -, 60% da colheita esperada (16,462 milhões de toneladas, de acordo com a Conab) foi negociada até ontem. Entre os Estados pesquisados é o maior percentual, registrado também na Bahia.

Não é uma coincidência. Na Bahia, a produção é concentrada na porção oeste, também uma área de cerrado e igualmente dominada por grandes produtores. Muitos agricultores da região carregam dívidas do passado (há uma negociação em curso com o governo federal para a rolagem desse passivo) e acelerar a antecipação das vendas foi uma alternativa encontrada para custear o plantio.

Nesta mesma época do ano passado, o percentual de vendas antecipadas de soja do ciclo 2006/07 chegava a 40% no Mato Grosso e a 30% na Bahia, segundo o Cepea.