O temor de que o desaquecimento da economia global reduza a demanda por combustíveis renováveis, entre eles o etanol, puxou a queda do preço do milho ontem (dia 7) no mercado futuro. Foi o terceiro recuo consecutivo. Em Chicago, os contratos com vencimento em março encerraram a US$ 4,995 por bushel com a queda de 2 centavos de dólar, ou 0,4%. Os papéis para maio recuaram 2 centavos de dólar, para US$ 5,1225 o bushel.

O Banco da Inglaterra (BC) reduziu em 0,25 ponto percentual sua taxa básica de juros, medida que visa a reverter o enfraquecimento do nível de consumo. A decisão foi encarada como mais um sinal de enfraquecimento da economia mundial. No mercado interno, o preço da saca de 60 quilos caiu 1,23%, para R$ 27,69, segundo o índice Cepea/Esalq