O poder de compra do suinocultor paulista tem diminuído neste início de ano. O motivo são as quedas do suíno vivo superiores às dos insumos. Entre 2 e 24 de janeiro, o animal vivo teve baixa 17,5% na Grande Campinas (SP), sendo cotado a R$ 2,53/kg nessa quinta-feira (24-01). Para o milho e o farelo, os recuos foram de11,2% e 3,5%, com médias de R$ 28,69/kg e R$ 708,27/t, respectivamente, na região de Campinas.

No dia 2 de janeiro, era possível adquirir 5,66 quilos de milho com a venda de um quilo de suíno na região de Campinas (SP). Nessa quinta, a troca rendeu 5,32 quilos do grão, queda de 6% ao suinocultor. Para o farelo de soja, a piora chega a 14% neste mês. No dia 2, era possível adquirir 4,16 quilos de farelo com um de suíno; na última quinta, apenas 3,59 quilos. As informações são da assessoria de imprensa do Cepea.