O diretor do Departamento do Café, da Secretaria de Produção e Agroenergia (SPAE), Lucas Tadeu Ferreira, e o diretor de Programas da Secretaria-Executiva do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Gerardo Fontelles, integraram a delegação brasileira. Como depositária, a OIC será o local onde os 77 países signatários, dos quais 45 produtores, 32 importadores, e outros países que oficializarem suas adesões, comparecerão para cumprir o Acordo e as exigências administrativas da OIC.
De acordo com Ferreira, o prazo concedido para os representantes legais – embaixadores credenciados, chefes de estado ou ministro das relações exteriores – assinarem o documento acordado vai até o dia 30 de agosto. No Brasil, esse documento precisa ter a aprovação do Congresso Nacional, mediante decreto legislativo, e ser promulgado pelo presidente da República. Paralelamente à Sessão Especial, a Junta Executiva realizou sua 266ª reunião que tratou de assuntos administrativos, de gestão interna como orçamento, receita e despesa, contribuição, análise de projetos de interesse da cafeicultura.

Segundo Ferreira, nessa reunião foi aprovada a proposta brasileira de implantação da Rede de Promoção de Café, em nível mundial. A Rede visa criar comunidades virtuais para a troca de informações e desenvolvimento de mercado. Estão previstas outras comunidades nesta rede da Internet: “Café e Saúde”, “Café na Escola”, “Qualidade”, “Modo de preparo”, “Ciência”, “Tecnologia”, “Pesquisas”, “Eventos”, entre outros temas. Os interessados em participar desta nova rede deverão, a partir de 15 de fevereiro, acessar www.promotionetwork.com.

A realização da 3ª Conferência Mundial do Café, que ocorre em 2010, também foi discutida entre os membros da OIC. A delegação da Guatemala manifestou interesse em sediar a conferência. As duas edições anteriores foram sediadas em Londres, em 2000 e em Salvador/Brasil, em 2005. O país-sede e os temas da próxima conferência serão anunciados na reunião do Conselho da OIC, de 19 a 23 de maio deste ano. Neste evento, também será realizado um Seminário sobre Indicações Geográficas do café .