Começa nesta sexta-feira (01-02), em todo o estado do Mato Grosso, a primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa de bovinos e bubalinos, com idade até 12 meses. O rebanho estimado de animais nessa faixa etária é de 5,5 milhões de cabeças. Há 12 anos que o estado do Mato Grosso não registra nenhum foco de aftosa.

“Faço um apelo a todos os criadores de gado que vacinem seus animais jovens para que possamos manter nosso estado livre da aftosa”, disse o superintende Federal de Agricultura no Mato Grosso, Paulo Antônio da Costa Bilégo. O superintende alertou, ainda, que os animais com até 12 meses são os mais suscetíveis à doença.

Cada produtor deverá comunicar que vacinou seu rebanho até o dia 10 de março em uma das 130 unidades locais. Em 2007, 98,4% dos animais menores de 12 meses foram vacinados. O rebanho total do estado é de 25,6 milhões de cabeças.

Além da campanha realizada em fevereiro, o Mato Grosso promove mais duas etapas. Em maio, os bovinos e bubalinos menores de 24 meses serão imunizados e, em novembro, todo o rebanho. “É necessário vacinar os animais menores de 12 meses, na etapa de fevereiro, em função da concentração do nascimento de bezerros entre os meses de setembro e novembro. Além disso, o Estado faz fronteira com a Bolívia”, explica a chefe substituta do Serviço de Sanidade Agropecuária no Mato Grosso, Janice Barddal.