O Ministério da Agricultura informou ontem (24-01) que a integração do guia de trânsito animal (GTA) estará efetivamente implantado a partir do dia 31. A integração das bases de dados do sistema de rastreamento de bovinos (Sisbov) é a grande aposta do governo para agilizar as exportações de carne para a Europa.

Em reunião em São Paulo, na quarta-feira, com representantes da cadeia de carnes, Inácio Kroetz, o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, voltou a defender que a implantação do Sisbov deverá beneficiar o país, uma vez que as exigências do mercado em relação à rastreabilidade do produto são cada vez maiores no mercado internacional.

Atualmente, cerca de 250 mil bovinos são inseridos diariamente no sistema que garante a rastreabilidade do rebanho dos Estabelecimentos Rurais Aprovados no Sisbov (Eras). O ministério junto com os serviços sanitários estaduais estão fazendo uma força-tarefa para vistoriar a maior quantidade possível de Eras que serão incluídos na lista que será apresentada em Bruxelas e publicada em veículo oficial da União Européia no dia 31.