A produção de leite da Coopervale foi liberada ontem (17/01) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), depois que a empresa teve aprovado o plano de medidas de controle exigido pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF). O Laboratório Nacional Agropecuário de Minas Gerais (Lanagro-MG), depois de realizar as análises, também confirmou que o produto está de acordo com o que determina a legislação.

Entre outras medidas, o plano prevê o controle de entrada do leite na cooperativa para verificar se o produto atende os padrões de qualidade exigidos pelo SIF.

O Mapa tem intensificado a fiscalização da cadeia produtiva do leite. Além dos processos rotineiros, foram investidos, no ano passado, mais de R$ 2,5 milhões para incrementar as análises do produto em mais de 12 projetos diferentes, nos laboratórios oficiais do País. O Departamento de Fiscalização de Produtos de Origem Animal (Dipoa) conta com 1,3 mil fiscais federais agropecuários, dos quais 212 fiscalizam 1,7 mil estabelecimentos industriais de leite e derivados no País.