O Grupo Margen, tradicional fornecedor de carne bovina, iniciou desde o ano passado uma diversificação em sua linha de produtos. Segundo o empresário Geraldo Antonio Prearo, sócio e diretor da empresa, a reengenharia do Margen passa necessariamente por uma maior gama na oferta de produtos, citando a forte entrada no mercado de suínos. “O complexo Margen agora conta com três plantas para abate de suínos, sendo uma delas recém inaugurada, dia 31 de janeiro, em Rio Verde do Mato Grosso (MS), com capacidade instalada para o abate de 1,2 mil cabeças/dia, com habilitação para exportação”.

A outra investida a curto prazo da empresa está no mercado emergente do avestruz. A unidade de bovino situada em Coxim (MS), foi desde o ano passado adaptada para avestruzes e, recentemente, recebeu do Ministério da Agricultura aprovação para exportação dos produtos cárneos do avestruz.

De acordo com Edson Luis Nunes, gerente industrial do Frigorífico Margen e, um dos responsáveis pela inserção do avestruz no portifólio de produtos da empresa, já há estudos para ampliar o parque fabril do Margen no processamento do avestruz, também no Tocantins. Ainda segundo Nunes,a empresa também possui planos para participar do mercado de ovinos, que tem crescido vertiginosamente, principalmente na região sudeste, além de ingressar, ainda em 2008, na já consolidada carteira de consumo do frango.