Governador André Puccinelli inaugurou nesta quinta-feira (31), em Rio Verde de Mato Grosso, a 202 quilômetros da Capital, o primeiro frigorífico apto a exportação de suínos do Frigorífico Margem no País. A planta industrial, construída na década de 1980, e inicialmente voltada ao abate de bovinos, recebeu investimentos de R$ 5 milhões para que fosse totalmente reestruturada e adaptada às normas exigidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para concessão do Selo de Inspeção Federal (SIF).

Segundo o empresário Geraldo Antonio Prearo, sócio e diretor da empresa, além da planta reinaugurada, após ter sido fechada em 2003, o Margen também conta com outras duas unidades de suínos instaladas em Goiás que, juntas, deverão abater 5 mil suínos dia. Ele revela, no Entanto, que a unidade sul-mato-grossense é a única habilitada junto ao Mapa para o mercado externo.

“Embora tenhamos uma história de 25 anos no mercado de bovinos, após o fechamento desta unidade em 2003, passamos a estudar novas alternativas e, acreditando no grande potencial do Estado e da região, vimos neste segmento uma grande oportunidade”, revelou, explicando que a diversificação é voltada à ampliação de mix nos mercados brasileiro e internacional.

Prearo conta que atualmente o Frigorífico Margen possuí 17 unidades voltadas a bovinos no País com capacidade total de 9 mil cabeças/dia. O setor de suínos e de abate de aves, que já conta com três unidades instaladas nos Estados de Goiás e Mato Grosso, entram efetivamente nas ações da empresa a partir de 2008.

“Atualmente, nosso setor de bovinos trabalha com capacidade nominal de 6 mil cabeças/dia, ou seja, com ociosidade de 30% que pretendemos reverter, diversificando e adaptando-as a esses novos segmentos”, explica o empresário. Ele acredita que, com este processo de reengenharia, será possível ampliar o faturamento em até 30%, sem grandes investimentos. Além disso, seus oito entrepostos de distribuição instalados nos principais centros consumidores do País, terão ainda mais produtos a oferecer.

“Entregamos a carne bovina há mais de 20 anos e os nossos clientes também solicitavam novos produtos; com o frango e o suíno, estaremos ampliando nossa atuação”, destaca. Outro ponto estratégico para a reinauguração da unidade em Rio Verde, destaca Prearo, foi o decisivo empenho político, em esforço suprapartidário e orquestrado pelo governador André Puccinelli, viabilizando o projeto através do programa MS Empreendedor, voltado às indústrias do segmento.

“Estamos inaugurando com a capacidade diária de abate de 300 animais, mas – dentro de seis meses – estaremos abatendo 1,2 mil animais, com expectativa de gerar até mil empregos diretos”, revelou Prearo.

Para o governador André Puccinelli, o papel do Estado é justamente fomentar e induzir o desenvolvimento atento às particularidades de cada região, as necessidades específicas de cada nova atividade instalada e procurar atender aos investidores de forma equânime. “Tudo que o empreendedor de boa fé solicitar, iremos atender, dando incentivo e o fomento necessários para o desenvolvimento de todas as regiões do Estado”, conclui.

Estiveram presentes na solenidade o prefeito de Rio Verde, Mário Alberto Kruger, os deputados federais Waldemir Moka (PMDB) e Antônio Carlos Biff (PT), além do deputado estadual Júnior Mochi (PMDB) e do superintendente federal de agricultura do Estado, Orlando Baez, entre outras autoridades.