Entenda a atuação desses serviços essenciais para a segurança e bom funcionamento do seu veículo

Quando o assunto é vistoria automotiva e inspeção de segurança veicular, muitas pessoas acreditam que os termos, por serem parecidos, se tratam do mesmo assunto. Ambos têm a mesma finalidade de garantir mais segurança para o proprietário, mas os procedimentos são diferentes e possuem características próprias.

A vistoria automotiva diz respeito à avaliação do estado de conservação do carro levando em conta as questões legais; enquanto a inspeção de segurança veicular, como o próprio nome diz, verifica o funcionamento dos itens relacionados à segurança do veículo.

Como funciona a vistoria automotiva?

A vistoria é o procedimento de análise das documentações e aspectos físicos do veículo, obrigatório nos casos de transferência de propriedade e na contratação de um seguro. Durante o serviço são checadas as características originais de fábrica, as condições de uso de equipamentos obrigatórios e, principalmente, se o automóvel se enquadra nas normas do Código de Trânsito Brasileiro.

A primeira etapa da vistoria é a pesquisa de procedência, que examina possíveis pendências legais dos documentos com os órgãos competentes. O Certificado de Registro de Veículos e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) são os documentos exigidos; e taxas de seguro obrigatório, licenciamento e IPVA devem estar devidamente quitadas.

Os itens vistoriados são a numeração dos vidros, câmbio, etiquetas adesivas, eixos, motor, etc – todos os elementos de identificação que possam comprovar a originalidade do veículo. A verificação da numeração de chassi também faz parte da lista, já que reconhece qualquer tipo de alteração na estrutura do carro; assim como a pintura, que indica se o veículo passou por modificações após algum acidente.

Quando o veículo é aprovado, recebe um certificado e um selo de inspeção, colado no vidro dianteiro do carro. Se for reprovado, é emitido um relatório de inspeção esclarecendo os ajustes que precisam ser reavaliados.  

Como funciona a inspeção de segurança veicular?

O serviço de inspeção veicular é responsável por verificar os itens relacionados à segurança do veículo (seja ele leve ou pesado). O trabalho inclui a avaliação dos equipamentos obrigatórios, a estrutura geral do carro e as condições de rodagem.

São realizados testes nas peças de segurança que mais se desgastam com o decorrer do tempo – freios, direção e suspensão. A análise inclui o alinhamento das rodas, teste de suspensão, método de queda, método de vibração e teste de freios.

O objetivo é conscientizar o motorista sobre a importância de manter a manutenção do carro atualizada para evitar acidentes e diminuir o nível de poluição para o meio ambiente. Regulamentar a frota de veículos do país minimiza o número de acidentes causados por falhas mecânicas e aumenta a qualidade do ar com a redução dos gases tóxicos emitidos na atmosfera, garantindo também uma melhor qualidade de vida para a população.

O procedimento é regulamentado pelo Contran, Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para segurança e emissões de gases.

Ficou com alguma dúvida sobre esses serviços? Deixe sua pergunta nos comentários!