A instalação do projeto de cooperação técnica para o fortalecimento da pesquisa agropecuária na Venezuela será definida, a partir desta terça-feira (22), em Caracas, com a chegada da missão da Assessoria de Relações Internacionais (ARI) da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Inicialmente os esforços de cooperação técnica serão para a produção de leite, carnes e culturas da mandioca e café. Também ocorrerão treinamentos e capacitação de pessoal.

Os técnicos brasileiros se encontram com o presidente do Instituto Nacional de Investigação Agrícola da Venezuela (INIA), Yván Gil, para estabelecer recursos e a alocação de pessoal especializado para o trabalho de cooperação técnica, que começa ainda neste primeiro semestre.

De acordo com o coordenador de prospecção e inovação da Embrapa/ARI, Washington Silva, a missão ficará em Caracas até o dia primeiro de fevereiro para os ajustes dessa parceria. “Também está agendada a elaboração de um cronograma de atividades do projeto, que se estenderá até maio de 2010”.