Nessa semana, a Embrapa Agropecuária Oeste (Dourados-MS), unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, dá início a uma temporada de mostras de verão, que apresentarão algumas tecnologias geradas pela Empresa e parceiros para a safra de verão 2008/2009.

Entre as cultivares de soja indicadas para o Estado, a Embrapa coloca à disposição dos produtores novas referências. Com ciclo precoce e recomendadas à região sul de MS estão a BRS 243RR e BRS 255RR (transgênicas). De acordo com os técnicos da Empresa que implantam e acompanham os experimentos, a BRS 255RR tem apresentado melhor desempenho e os resultados de produtividade demonstram-se satisfatórios, sendo menos exigente em fertilidade do que a BRS 243RR. Entretanto, ainda, segundo eles, a BRS 245RR tem sido a cultivar transgênica mais cultivada em Mato Grosso do Sul, devido à sua estabilidade produtiva.

Essas cultivares são resultado do Programa de Melhoramento de Soja da Embrapa que, em Mato Grosso do Sul, a Embrapa Agropecuária Oeste e a Embrapa Soja, líder do programa nacional, trabalham em conjunto com a Fundação Vegetal no desenvolvimento de germoplasma mais adaptado às condições edafoclimáticas de MS, com o objetivo final de registrar e proteger novas cultivares para a região.

Mostra de Verão – Os agricultores poderão conhecer e observar mais de perto essas opções já no dia 16, com a 3ª Mostra de Culturas de Verão que acontece no Sindicato Rural de Dourados, com promoção do mesmo, realização da Embrapa Agropecuária Oeste, Grupo Plantio na Palha e Fundação MS e parceria de diversas empresas.

Nos dias 17 e 18, será a vez do 9ª Encontro Tecnológico Semen Barra, na rodovia BR 376 (Dourados – Fátima do Sul), km 9, onde durante dois dias, produtores, técnicos, pesquisadores e estudantes terão outra oportunidade de verificar as tecnologias para a cultura da soja na próxima safra.

Doenças da Soja – os dias de campo terão ainda a palestra do fitopatologista da Embrapa Agropecuária Oeste, Alexandre Roese, que abordará a importância do monitoramento constante das lavouras para o manejo de doenças e controle da ferrugem da soja. “É importante produtores e técnicos estarem bem informados a respeito do assunto e conhecerem as doenças para poderem adotar medidas adequadas de controle no momento certo, evitando tanto os prejuízos causados pela doença como a aplicação desnecessária de fungicidas, e conseqüente, aumento dos custos de produção”.

As mostras de verão seguem até meados de março e a agenda de cada um dos dias de campo encontra-se disponível no site da Embrapa Agropecuária Oeste (www.cpao.embrapa.br).

Para maiores informações:
(67) 3425-5122, ramal 118 (Embrapa Agropecuária Oeste), (67) 3424-6686 (Sindicato Rural) e (67) 3489-1248 (Semen Barra)