O cartão do produtor – ferramenta implantada no Rio Grande do Norte – que tem como intuito desburocratizar diversos trabalhos das secretarias de Agricultura e da Tributação – fora apresentado ao governo federal pela Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte – FAERN.

Estiveram presentes o presidente da Federação, José Álvares Vieira, acompanhado pelo consultor da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Décio Coutinho, ao presidente da Emater, Henderson Magalhães e aos técnicos da instituição, da Secretaria da Agricultura e Sebrae.

Na ocasião, o representante da CNA e da FAERN exibiram para os integrantes do governo estadual as facilidades do cartão e mostraram que ele poderá ser utilizado no Estado muito em breve.

“Acredito que será uma nova forma de trabalho para os agentes que lidam com o agronegócio potiguar. O cartão é uma forma segura de garantirmos o trabalho do produtor rural com a sanidade animal e também de modernizarmos a gestão e o serviço público. Com o cartão, os nossos produtores poderão também receber descontos em estabelecimentos comerciais que lidam diretamente com o campo. Será bom para todos. Para o Governo e para os nossos produtores”, ressaltou Viera.