O encontro acontece na sede da Satur (Secretaria Municipal de Fomento ao Agronegócio, Indústria, Comércio, Turismo, Ciência e Tecnologia). O titular João Carlos da Costa Sobrinho e dois técnicos da pasta participam das discussões.

O secretário explicou que para começar a implantar as transformações necessárias, a zona rural de Campo Grande foi dividida em 11 regiões e, para cada área, foram desenvolvidos projetos de acordo com as potencialidades de cada uma delas.

Ao todo, são 48 projetos, como horticultura, produção de leite, ovinocultura, produção de frango caipira, conservação do solo e a reposição de florestas. A próxima reunião está marcada para segunda-feira, em Brasília.