Desde o início deste ano, os preços de bezerro e de boi gordo seguem em tendência de alta. No acumulado de 2007, o Indicador do boi gordo ESALQ/BM&F aumentou 15,11%, o Indicador do bezerro (Mato Grosso do Sul), 19% e, a carne no mercado atacadista da Grande São Paulo, 11,83% (carcaça casada).
Nessa quarta-feira, 4, o Indicador do boi ESALQ/BM&F fechou em R$ 60,77 (à vista) e o do bezerro, em R$ 431,41. Mesmo com as altas nos preços da arroba, não tem havido aumento de oferta de animais para abate nas regiões consultadas pelo Cepea.

De acordo com colaboradores, além da diminuição da oferta de gado de pasto, frigoríficos não estão tendo ofertas de boi de confinamento – ainda não estariam prontos para o abate. No mercado atacadista da Grande SP, a carcaça casada de boi foi negociada nessa quarta em R$ 3,78/kg.(Cepea)