Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja/MT) confirmou nessa segunda-feira (14-01) a presença de um foco de ferrugem asiática no município de Nova Ubiratã (localizado a 488km de Cuiabá). A amostra foi analisada pelo mini laboratório de Sorriso e confirmada pela Fundação Rio Verde.

Esse é o quarto caso confirmado pelo projeto Antiferrugem no Estado, sendo dois no município de Sinop, um em Campos de Julio e um em Nova Ubiratã. O tempo chuvoso favorece o aparecimento da Ferrugem Asiática. A associação reforça a importância do monitoramento da lavoura e aplicação preventiva de fungicidas.

O projeto Antiferrugem foi lançado em dezembro de 2007, com o intuito de auxiliar o produtor na prevenção e controle da Ferrugem Asiática. Além dos 17 mini-laboratórios montados nos sindicatos rurais a Associação mantém um sistema de alerta no site para informar o produtor rural (www.aprosoja.com.br). As informações são da assessoria de imprensa da Aprosoja/MT.