Nos últimos anos o setor tem enfrentado a concorrência com as indústrias da China e seus preços subsidiados.

A participação das empresas nacionais de defensivos agrícolas deve ser decisiva para que a próxima safra brasileira de soja, estimada em cerca de 58,1 milhões de toneladas, se torne realidade. Recentemente, a China decidiu suspender a fabricação dos produtos à base de organofosforados. Entre eles está listado o metamidofós, importante agente de combate aos percevejos e à lagarta da soja.

O que poderia ser um problema para a cultura da soja no País, valoriza as empresas nacionais de defensivos agrícolas. Nos últimos anos o setor tem enfrentado a concorrência com as indústrias da China e seus preços subsidiados. A Associação das Empresas Nacionais de Defensivos Agrícolas informou que há fabricação local de metamidofós com capacidade e qualidade para atender a toda a demanda