Os abates de bovinos machos em Mato Grosso do Sul em 2007 totalizaram 1,95 milhões de cabeças, representando alta 9,32% frente as 1,78 milhões de machos mortos em 2006. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (11), pela Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Mato Grosso do Sul (SFA/MS).

Os dados sobre o movimento de abates de bovinos, suínos e aves de dezembro nos estabelecimentos com registro no Serviço de Inspeção Federal (SIF), são disponibilizados pelo Serviço de Inspeção de Produtos Agropecuários (Sipag), e obtidos pelos Fiscais Federais Agropecuários que atuam nos matadouros frigoríficos sul-mato-grossenses.

Segundo os dados sobre o setor de bovinos, no mês passado foram abatidos 307,75 mil animais, com peso morto total de 70,54 mil toneladas. Os números representam alta 10,74% em relação aos 277.917 mil animais de novembro, e de 0,92% frente aos abates totais de 2006, que totalizaram 3,48 milhões de cabeças.

No comparativo entre o sexo dos animais, os machos responderam por 174,58 mil cabeças e as fêmeas por 133,166 mil, respectivamente, com redução de 0,75% e de 0,89% frente ao mês anterior. Porém, no acumulado do ano dos abates de fêmeas, ao contrário dos machos, há registro de queda. No ano anterior foram abatidas 1,7 milhão de fêmeas, e em 2007, o numero é de 1,56 milhão, ou seja, redução de 7,89%.